RECEBA NOSSAS INFORMAÇÕES
POR E-MAIL ou WHATSAPP
  • Grey LinkedIn Icon
  • Grey Facebook Icon
  • Grey Twitter Icon
  • Grey Instagram Icon
  • Grey Pinterest Icon
  • Grey Google+ Icon
Buscar
  • Caminhos Globais

O inesperado: a vida no Canadá ganhando salário mínimo

Atualizado: Fev 6



O Canadá aparece entre os países mais citados por brasileiros que pensam em emigrar e viver fora do Brasil. O país também é frequentador de todos os rankings de países com a melhor qualidade de vida do mundo, geralmente entre os primeiros. São fatores positivos e reais, que também precisam ser absorvidos dentro de uma percepção equilibrada, algo que muitas vezes passa longe do pensamento de quem imagina encontrar no Canadá a solução para seus problemas brasileiros.


A realidade é que existe uma camada da sociedade, que não é pequena, vivendo com baixos salários e dependendo de empregos instáveis, em geral do tipo 'meio período' (part-time). Hoje, estima-se que cerca de oito milhões de canadenses recebam salário mínimo, uma parcela elevada para um país considerado rico e com população abaixo dos 40 milhões. O número de pessoas de baixa renda vem crescendo, o que também faz aumentar o número de canadenses que despenca até a pobreza explícita. Em Toronto, a maior cidade do país, o número de moradores de rua considerados permanentes já chega a 10 mil.


Claro, o salário mínimo canadense é bem superior ao brasileiro e em termos proporcionais, quem ganha o mínimo no Canadá não vive necessariamente em situação de miséria. Mas certamente essa não é a vida que brasileiros têm em mente quando pensam no Canadá com o objetivo para emigrar. Para alguns, a surpresa acaba acontecendo depois do investimento de tempo e empenho para chegar lá, quando se descobre que os empregos disponíveis ficam bem abaixo do esperado.


Recentemente a província de Ontário, a mais populosa do país, aprovou um aumento em seu salário mínimo para Can$15 por hora. Mesmo valendo cerca de 30% menos que o dólar americano, esse valor parece alto para muitos brasileiros. Dentro da conjuntura canadense, porém, é um valor que impõe limites e restrições muito claras.


A movimentação em apoio ao aumento do mínimo gerou manifestações e fez com que a mídia canadense produzisse matérias mostrando, afinal, como vivem esses canadenses de baixa renda. Abaixo, três reportagens explorando essa realidade, que também faz parte da vida no Canadá - duas da rede pública CBC, uma da emissora privada local de Toronto Citytv. Todas em inglês:


https://www.youtube.com/watch?v=U-r2umsoMcM&feature=youtu.be


https://www.youtube.com/watch?v=3MjYg-aak-Y


https://www.youtube.com/watch?v=ayMfWFR2DXw&feature=youtu.be

36 visualizações

Um projeto da MediaLink Comunicação Corporativa

  • Caminhos Globais
  • Caminhos Globais
  • Twitter Social Icon
  • Instagram Social Icon
  • YouTube Social  Icon